Aréola e a Micropigmentação

Existe um problema que aflige muitas mulheres brasileiras, o câncer de mama.

 

Durante o processo de cura desta doença, algumas mulheres tem que se submeter a cirurgias invasivas para retirada deste tumor malígno. Procedimentos como: cirurgia de Mamoplastia de Aumento (Prótese Mamária), Mastectomia (retirada da mama) e Mastopexia (plástica para levantar os seios) são necessárias após este doloroso momento.

 

Segundo a micropigmentadora Vanessa Silveira, mestra em Micropigmentação Fio a Fio 3D, diretora da Clínica Vanessa Silveira, a maioria das mulheres que recorre à micropigmentação paramédica passou por uma mastectomia, procedimento cirúrgico que consiste na retirada total ou parcial da mama. Geralmente, essas mulheres já se submeteram à cirurgia de implante de próteses de silicone e recorrem a este método para obter a simetria da aréola. “Os resultados pós-cirúrgicos tem como um dos principais objetivos promover a satisfação da paciente e fazê-la voltar a se sentir mais uma vez de bem consigo mesma”, diz a especialista.

 

Após o procedimento cirúrgico a reconstrução da mama possibilita, além da recomposição da anatomia, a recuperação da autoestima, da feminilidade e a melhora da qualidade de vida das pacientes. Com a ajuda da micropigmentação é possível restaurar também a pigmentação da aréola, contribuindo para a simetria dos seios.

 

Vanessa explica que a técnica consiste na implantação de pigmentos na camada subepidérmica da pele através do auxílio de agulhas e de aparelho especializado. “A técnica é eficaz em seus resultados e produz uma uniformidade na cor dos seios, deixando-o mais similar possível ao seio existente. Tem durabilidade de aproximadamente dois anos, podendo ser prolongada por não sofrer influência dos raios solares, principal agente clareador no processo de despigmentação, esse é um procedimento que trata uma região superficial e sensível, portanto, comportamentos como esfregar e coçar, nadar em mar ou piscina e banhos de água quente devem ser evitados”, alerta Vanessa.

 

As Clínicas Vanessa Silveira também são solidárias. É oferecida gratuitamente para mulheres de baixa renda a técnica de micropigmentação do complexo aréolo-papilar, após a reconstrução da mama em pacientes mastectomizadas realizada pelo SUS.

Para restaurar a forma e as características que denotam a beleza e harmonia desse órgão, símbolo de maternidade, fertilidade e sexualidade feminina. “Queremos trazer a autoestima dessas mulheres de volta e proporcionar uma melhor qualidade de vida”, ressaltou a dona da marca Vanessa Silveira.
Dirija-se a uma das clínicas Vanessa Silveira, mostrando que fez sua cirurgia pelo SUS e o procedimento de micropigmentação de aréola será feito gratuitamente.

Satisfação Garantida

pasted-image-at-2017_08_04-01_58-pm